Arquivos do Blog

COLUNA: Individualidades do Sport x Jogo coletivo do Fortaleza

Marcos Aurélio foi peça fundamental na vitória do Sport contra o Fortaleza em 2013 Foto: Diário de Pernambuco

Marcos Aurélio, ainda pelo Sport, foi peça fundamental na vitória contra o Fortaleza em 2013
Foto: Diário de Pernambuco

Por: João Pedro Guedes
Siga o Nota Esportiva no Twitter: @EsportivaNota

Fortaleza x Sport – Castelão, 25/03, 22h
Sport x FortalezaIlha do Retiro, 29/03, 16h
Palpite: Duelo parelho, com leve favoritismo para o Sport

Fortaleza e Sport repetirão o duelo de 2013, naquela oportunidade pela fase de grupos, nesta edição da Copa do Nordeste. O leão pernambucano, mesmo com pior campanha, terá o jogo decisivo em casa.

O Sport não conta com uma campanha das mais regulares na Copa do Nordeste de 2015, são 3V 1E 2D, dentre os tropeços estão as derrotas para Coruripe e Sampaio Corrêa, que foi o líder de fato do grupo B. O time maranhense, após a escalação de um jogador irregular, perdeu sua vaga nos tribunais. No campeonato pernambucano, a história é outra. O rubro negro é líder e soberano no hexagonal, com 24 pontos.

O time de Eduardo Baptista, não conta com um jogo coletivo dos melhores, e nesta temporada, já mostrou que não reage tão bem jogando contra times defensivos, precisa que o outro time também saia para o jogo. Ao meu ver, definitivamente, o Sport dependerá muito de jogadas individuais que poderão surgir com Diego Souza, Élber, Régis. A baixa é o meia atacante Felipe Azevedo, que vive bom momento no rubro negro, mas por conta de uma lesão no joelho ficará no DM por até 3 semanas.

 Com Chamusca, o jogo do Fortaleza encaixou 

Apesar da derrota para o Ceará na última quarta feira (18), desde o retorno de Chamusca para o Fortaleza o torcedor tricolor se sente mais esperançoso. Sente isso pois vê um futebol melhor. Em 20 dias de trabalho, Chamusca conta com 5V 1D, além de comandar o time no jogo do quebra tabu.

Nesta temporada, Chamusca dirigiu o Fortaleza em dois Clássicos Rei, e o Fortaleza foi melhor em ambos. Isso já diz muito sobre seu time que, em 2014, também complicou jogos contra o rival. Como de costume, sua equipe valoriza muito a posse de bola, além de possuir um meio campo compactado e uma marcação adiantada.

Corrêa e Vinicius Hess são figuras fundamentais na equipe de Chamusca. O segundo talvez tenha sido a única real contribuição de Nedo Xavier para o 2015 tricolor. Até Éverton, que com Nedo não tinha mostrado a que veio, passou a jogar bem, inclusive fazendo gols.

Diferentemente do ano passado, o Fortaleza não conta com um dito ”dono do time”, como era Marcelinho. O obediente time tricolor possui como arma principal o jogo coletivo. Talvez o toque final para a equipe seja um camisa 9 eficiente, já que Lúcio Maranhão não vem correspondendo.

COLUNA: Cinco pontos fracos do Sport que o Ceará pode aproveitar na final do Nordestão

Anderson e Neto Baiano disputam jogada. Ceará x Sport promete ser um grande jogo.

Anderson e Neto Baiano disputam jogada. Ceará x Sport promete ser um grande jogo.

Falta pouco para a grande finalíssima da Copa do Nordeste. No primeiro encontro entre Ceará e Sport, os pernambucanos foram melhores e venceram por 2a0. No entanto, a segunda parte do duelo promete guardar grandes emoções, tendo em vista que a torcida alvinegra vai lotar a Arena Castelão e empurrar o time em busca de reverter o resultado adverso.

Para se sair campeão e ficar com a taça da principal competição regional, o Ceará necessita vencer por 3 gols de diferença, ou ganhar por 2a0 e se sair melhor nas cobranças de pênaltis. Tarefa difícil e aparentemente impossível para a equipe de Sérgio Soares, mas, o Vovô já aplicou três goleadas no Nordestão e mostrou sua força no ataque jogando dentro de seus domínios. Além do mais, o Sport vem mostrando vários pontos fracos durante a temporada, fator a qual o Ceará pode aproveitar para se sair vitorioso.

Abaixo, foi listado cinco pontos fracos que o rubro-negro vem mostrando ao longo do ano e que podem tornar a vida do Ceará um pouco menos complicada.

1) Indecisão e desconfiança do “camisa 10” Ailton

O atual camisa 10 e meio-campo de ligação do Sport é Ailton, que inclusive teve passagem apagada pelo Ceará no ano de 2010. Bastante contestado e longe de ter total confiança da torcida rubro-negra, o atleta vem colecionando altos e baixos durante o ano.

2) Baixa estatura e lentidão da zaga

O técnico Eduardo Baptista vem armando a zaga do Sport com Ferron e Durval, dois zagueiros que apesar da técnica, apresentam dois defeitos cruciais: baixa estatura e lentidão. Durval, com 1,85m, e Ferron, com 1,86, andaram falhando em jogadas aéreas e não são considerados defensores de velocidade. Com isso, o Ceará pode surpreender com jogadas de bola parada, já que possui Bill, com 1,85m, Anderson, 1,90m, além de Sandro que já marcou gols durante o ano em jogadas desse tipo. Além do mais, atletas de velocidade como Assisinho podem abrir o sistema defensivo do time de Pernambuco.

3) Desfalques de Ananias e Danilo

Dois jogadores importantes desfalcam o Leão na grande final de quarta-feira: Ananias e Danilo. O primeiro, atacante de velocidade e de grande importância na composição tática da equipe. O segundo, que sempre vem entrando no decorrer dos jogos, por outrora até saiu como titular, apresenta forte rigor físico e é essencial na composição do time. São dois grandes desfalques.

4) Estratégia do contra-ataque pode não funcionar

Para o jogo da próxima quarta, o Sport deve ir com o esquema com três volantes, sendo armado com Rodrigo Mancha,  Rithely e Ewerton Páscoa no setor de contensão. Estratégia clara de se fechar, esperar o Ceará tomar a iniciativa, e apostar nos contra-golpes. Para o padrão de jogo funcionar, a equipe precisaria da velocidade de Ananias, que machucado não deve ir a campo. Portando, o fato de aceitar a pressão alvinegra (tendo em vista o provável time titular) no inicio da partida pode quebrar os planos do Sport.

5) Sport vem fragilizado por perda no clássico

Jogando pelo estadual, no último domingo, o Sport foi derrotado pelo Santa Cruz por 3a0. Com a derrota, o Leão da Ilha do Retiro é obrigado a vencer o jogo da volta para ainda sonhar com o título do Campeonato Pernambucano. Fragilizado e desgastado pela goleada sofrida no clássico, o Ceará pode se aproveitar da situação e fazer seu placar tão sonhado na grande decisão da Copa do Nordeste.

 

O Sport deve ter a seguinte formação titular: Magrão, Patric, Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Ewerton Páscoa, Rithely e Ailton; Neto Baiano e Érico Júnior (Felipe Azevedo)

 

Coluna escrita por Gabriel Lobo

@gabriellob010

 

 

 

 

 

Ceará relaciona 20 jogadores para duelo contra Sport

Sérgio Soares definiu o time titular alvinegro na manhã de hoje Foto: Divulgação/cearasc.com

Sérgio Soares definiu o time titular alvinegro na manhã de hoje
Foto: Divulgação/cearasc.com

O Ceará divulgou a lista de relacionados para a primeira partida da final do Nordestão. O time alvinegro encerrou os preparativos na manhã de hoje, 01, com um coletivo em Carlos de Alencar Pinto. Anderson e Magno Alves foram poupados da atividade mas são presenças certas no time titular. Os comandados de Sérgio Soares viajam na tarde de hoje para Recife.

Ceará tem 3 mudanças em relação ao clássico

Sérgio definiu a equipe que começará  jogando contra o Sport, o técnico promoveu 3 substituições em relação ao time que enfrentou o Fortaleza. Vicente na vaga de Hélder, Bill volta a ser titular no posto de Tadeu e Assisinho completa o trio de ataque. Assim, o Ceará deve ser escalado com: Luis Carlos; Samuel Xavier, Sandro, Anderson e Vicente; João Marcos, Ricardinho e Souza; Assisinho, Bill e Magno Alves.

Confira os 20 jogadores relacionados:

Goleiros: Luis Carlos e Jailson
Laterais: Samuel Xavier, Vicente, Hélder e Marcos
Zagueiros: Sandro, Anderson e Gabriel Santos
Volantes: João Marcos, Michel e Amaral
Meias: Ricardinho, Souza e Rogerinho
Atacantes: Bill, Magno Alves, Assisinho, Tadeu e Robério

Continua a venda de ingressos para o segundo e decisivo jogo. Confira os preços: 

ARQUIBANCADA SUPERIOR
Inteira: R$ 30,00;
Meia e Fidelidade: R$ 15,00;

ARQUIBANCADA INFERIOR
Inteira: R$ 40,00;
Meia e Fidelidade: R$ 20,00;

SETOR ESPECIAL
Inteira: R$ 50,00;
Meia e Fidelidade: R$ 25,00;

SETOR PREMIUM
Inteira: R$ 60,00;
Meia e Fidelidade: R$ 30,00;

Siga o Nota Esportiva no Twitter: @EsportivaNota