COLUNA: Calma aí !

O setor defendido por Eric foi melhor explorado com a entrada de Gil Foto: Divulgação/Cearásc.com

O setor defendido por Eric foi melhor explorado com a entrada de Gil na vaga do ausente Lulinha
Foto: Divulgação/Cearasc.com

Por João Pedro Guedes – @jpedroguedes
Siga o Nota Esportiva no Twitter: @EsportivaNota

Quem conhece a torcida do Ceará de perto, sabe como o temperamento e a opinião de vários torcedores muda da água para o vinho de acordo com os resultados das partidas. Basta zapear por grupos em redes sociais que isso fica claro. Após o tropeço contra o Boa, o comportamento não seria diferente e vários jogadores foram apontados como culpados pelo empate. O ótimo Eduardo foi chamado de ”sem sangue”, Bill, que se esforçou bastante contra o Inter, acusado de ser preguiçoso e por aí vai.

Mas calma aí ! Será que tudo foi horrível assim ? Será que todo mundo piorou a ponto de não servir mais ? Para começo de conversa, como o Nikão fez falta hein ? Quem se atentou para a parte tática do jogo além da partida em si, encontrava facilmente um buraco no meio-campo alvinegro. Lulinha que foi o escolhido por Sérgio para substituir Nikão não conseguiu armar o time, caiu muito pelos lados do campo, que é sua característica, ocasionando assim o buraco. O substituto direto de Nikão, deveria ser Souza, que por sinal não foi uma das melhores apostas da diretoria até agora. João Marcos também não atuou e sua falta foi sentida.

Além dos desfalques citados acima, do outro lado estava um time que vinha de 3 vitórias seguidas, duas delas fora de casa contra Vila Nova e Náutico, muito obediente ao esquema de Nedo Xavier e principalmente descansado. A parte física foi um fator importante para o resultado da partida. O Ceará correu muito contra o Inter e não teve muito tempo para recuperar seus atletas, correndo risco até de perder um jogador por lesão.

O empate ocorreu por alguns erros táticos do Ceará ? Sim, ocorreu. Porém o Boa teve seus méritos e encaixou muito bem seu estilo de jogo. Como vocês podem ver, não é hora de queimar ou culpar um ou outro jogador por um empate como o do último sábado. Nem sempre é possível atuar em alto nível quando se joga duas competições em tão pouco espaço de tempo entre elas. Sexta novamente o jogo é complicado, agora fora de casa, contra um adversário que dos últimos 5 jogos venceu 4 sendo 3 vitórias seguidas. O Ceará mais do que nunca precisa que sua torcida vá aos jogos e apoie o time que vem fazendo grande campanha.

 

Anúncios

Publicado em 4 de agosto de 2014, em Ceará, Colunas e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: